INOVAÇÃO

Objetivo

Financiar projetos de inovação de produtos e/ou serviços de empresas no Espírito Santo; a sua produção e introdução no mercado; a aquisição

Beneficiários

Pessoas Jurídicas localizadas no Espírito Santo que atendam pelo menos uma das seguintes condições:
a) Estejam incubadas/aceleradas ou foram graduadas/ aceleradas no estado;
b) Tenham sido apoiadas em algum edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (FAPES) e/ou da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), bem como de outros órgãos municipais, estaduais ou federais;
c) Tenham depositado patente e tenham projeto para reproduzir esse produto e/ou processo;
d) Empresas de base tecnológica (1);
e) Empresas pertencentes a setores de conhecimento intensivo.


Itens financiáveis

a) Investimento em infraestrutura compreendendo: obras civis, montagem e instalação, aquisição de móveis e utensílios, implantação de planta piloto, aquisição de máquinas e equipamentos, componentes eletrônicos, software;
b) Investimentos em: transferência, licenciamento e absorção de tecnologias; despesas com mão-de-obra para o desenvolvimento de inovação, treinamento, serviços de terceiros, homologação, viagens e diárias; prestação de serviços de tecnologia da informação e comunicação (TIC); avaliação e certificação; treinamento, consultoria e outros serviços especializados;
c) Capital de giro associado, limitado a 30% do valor do investimento total;
d) Capital de giro exclusivo para a produção pioneira (até dois anos de operação) cujo objeto da inovação tenha sido apoiado com recursos de editais de inovação ou objeto de patente;
e) Despesas relacionadas ao depósito e manutenção de patentes no Brasil e no exterior, bem como as despesas de propriedade intelectual;f) Despesas de introdução das inovações no mercado, limitadas a 30% do valor do investimento total;
g) Despesas de contratação, inclusive tarifa de análise de investimento do projeto e tarifa de cadastro;
h) Despesas com Fundo de Aval e garantidor, inerentes ao projeto;
i) Elaboração de projeto de investimento, limitado a 2% do investimento total;
j) Aquisição de terreno vinculado ao projeto, localizado em ambientes de inovação/parques tecnológicos;
k) Aquisição de máquinas, equipamentos e componentes eletrônicos importados, inclusive despesas de importação;
l) Contrapartida e investimentos complementares de projetos apoiados por recursos de subvenção, especialmente TECNOVA;
m) Implementação de atividades de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação ou programas de investimentos contínuos, seja por meio de implantação de estruturas e programas de PD&I, ou por contratação;
n) Capital de giro/empréstimo ponte para empresas apoiadas em algum edital da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Espírito Santo (FAPES) e/ou da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP), bem como de outros órgãos municipais, estaduais ou federais.

Condições operacionais

Prazos:
- Carência: até 24 meses;
- Amortização: até 60 meses;
- Total: até 60 meses.

Taxa de Juros:
A partir de 6,75%+SELIC a.a 
IOF – isento, por ser recurso de fundos

Garantias

Avalista(s) que, individual ou conjuntamente, com 30% da renda líquida mensal comprovada, cubra(m) o valor equivalente à prestação mensal do financiamento; ou
Avalista que apresente patrimônio comprovado igual ou superior a 1,3 (um vírgula três) vezes o valor do crédito (de acordo com a política de crédito do banco); e/ou
Alienação fiduciária ou hipotecária de bens imóveis.

Observação

(1) EMPRESAS DE BASE TECNOLÓGICA: empresas voltadas para o desenvolvimento e produção de novos produtos e/ou processos, caracterizando-se pela aplicação sistemática de conhecimento técnico-científico e pela utilização de técnicas avançadas ou pioneiras. Estas empresas usam tecnologias inovadoras, têm uma alta proporção de gastos com P&D, empregam uma alta proporção de pessoal técnico-científico e de engenharia. Comumente encontradas nas áreas de informática, biotecnologia, química fina, mecânica de precisão e novos materiais.
(2) ITENS FINANCIÁVEIS: são também financiados os investimentos ocorridos nos doze meses anteriores ao protocolo de solicitação de financiamento no BANDES.
(3) PRAZO: amortização de até 48 meses quando o financiamento for de giro exclusivo