Desocupação cai e otimismo melhora

Índices apurados tanto nacionalmente como no Estado apontam para reversão, ainda que tímida, da crise econômica
06/10/2019 00:00
Compartilhe Imprimir print

A diminuição na taxa de desocupação medida em setembro último, ainda que lenta, já foi suficiente para incrementar o otimismo e melhorar a satisfação em relação à economia. No Estado, o índice cedeu e chegou a 10,9% depois de ultrapassar 14% no pico em 2017. Nacionalmente, o indicador está em 12% mas também apresenta melhora em relação ao trimestre anterior.

Esses são alguns dos pontos-chave abordados em um relatório de conjuntura econômica elaborado pelo Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes). O documento, que apoia as análises da equipe técnica da instituição, traz um resumo dos resultados da pesquisa de expectativas de mercado, com levantamento diário das previsões de cerca de 130 bancos, gestores de recursos e outras instituições, como empresas do setor real, distribuidoras, corretoras, consultorias e outras, para a economia brasileira.

“A desocupação cai e, consequentemente, a satisfação das pessoas melhora. Ainda que lento, esse movimento indica uma superação do cenário caótico que estávamos. Outra boa notícia é que pela primeira vez em quatro anos a variação acumulada em 12 meses dos preços pedidos nos anúncios de imóveis (FipeZap) superou a inflação (IPCA)”, explica o gerente de Planejamento do Banco , Sávio Bertochi Caçador, responsável pela elaboração do documento.

Entretanto, o cenário nacional e internacional ainda geram incertezas. Os resultados da economia brasileira continuam inferiores ao projetados e as expectativas menores após nove meses de 2019: a projeção de crescimento do PIB para este ano, estimada em 2,55% no final do ano passado, já havia se reduzido para 1,70% em abril e, agora, espera-se apenas 0,87%. Em confluência com esse cenário, já não se espera crescimento da produção industrial este ano. Enquanto no final de 2018, projetava-se um aumento de 3,17%; em agosto a variação anual esperada é de 0,08%.

Confira o relatório completo.

searchRelatório Bandes aponta para reversão da crise econômica

Informações sobre linhas de financiamento:
Bandes Atende: 0800 283 4202
Av. Princesa Isabel, 54, Centro, Vitória
App disponível para Android e iOS
www.facebook.com/bandesonline
www.bandes.com.br

Informações à imprensa:
Gerência de Comunicação Institucional do Bandes
Bárbara Deps Bonato
(27) 3331-4352/ (27) 99774-4428
Wilson Igreja Campos
(27) 3331-4424
comunica@bandes.com.br
www.facebook.com/bandesonline