Preview Cookie

 



Empresários de Dores do Rio Preto conhecem as novas linhas de crédito

A reunião será nesta terça-feira (30), com a equipe de Negócios do banco.
30/11/2021 09:00
Compartilhe Imprimir print

searchO município se destaca pelas atividades ligadas ao turismo, agronegócio e prestação de serviços.

A convite da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo de Dores do Rio Preto, o diretor de Negócios do Bandes, Marcos Kneip Navarro, apresenta, na tarde desta terça-feira (30), as novas linhas de crédito do banco capixaba. Dessa forma, os empresários do município poderão ter acesso às informações sobre os financiamentos disponíveis e entender de que maneira podem ser beneficiados.

Segundo o diretor, o momento de pandemia e a retração econômica destacou a necessidade e a importância do atendimento da linha emergencial do Fundo de Proteção ao Emprego. Assim, o banco pode auxiliar as empresas a garantir suas atividades econômicas e, principalmente, assegurar a manutenção dos empregos.

Fundo de Proteção ao Emprego

O crédito do Fundo de Proteção ao Emprego é destinado para as empresas de todo o Estado, oferecendo condições para que mantenham as atividades produtivas. Para a contratação, o empresário pode solicitar atendimento da equipe do banco, via website, por meio do link bandes.com.br/emergencial.

Atualmente, com cerca de R$ 150 milhões em recursos em contratação, o Fundo de Proteção ao Emprego financia capital de giro com prazo de até 6 anos para pagar, incluídos 12 meses de carência. A linha é considerada sem juros, uma vez que o recurso financiado só tem correção pela taxa Selic. O financiamento contempla projetos de investimento de R$ 31,5 mil até R$ 1 milhão.

Capital de giro emergencial para pequenas e médias empresas

Outra linha, recém-lançada pelo Bandes, é destinada a apoiar empresas com capital de giro, no valor de até US$ 1 milhão, ou cerca de R$ 5,5 milhões, e prazo total de até 5 anos, incluindo carência de até um ano. Os recursos da linha Bandes Retomada são provenientes de uma captação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para ampliar a disponibilidade de linhas de financiamento para capital de giro emergencial destinado às micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) capixabas.

Com US$ 30 milhões disponíveis, o Bandes pretende impulsionar os empresários capixabas na retomada econômica. Além disso, pelo convênio com o banco internacional, a linha também destinará, no mínimo, 20% das operações de financiamentos para empresas lideradas por mulheres.

Fungetur

Desde 2018, o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) foi credenciado para repassar recursos do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério de Turismo e, então, tornou possível a viabilização de mais uma alternativa de financiamento, especialmente para bares, restaurantes e empresas do ramo de hospedagem.

Por conta de suas condições competitivas de prazos e juros, o Fungetur se configura como uma opção para ampliar as possibilidades de fomento do turismo como negócio, criando estratégias para o desenvolvimento social e econômico – geração de emprego e renda, além da inclusão social e melhoria na qualidade de vida dos capixabas.

Com taxas de juros a partir de 5% ao ano, acrescidos do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e prazos de amortização que podem chegar até 120 meses, as linhas do Fungetur apoiam investimentos fixos e a compra de máquinas e equipamentos que incrementem os negócios do segmento.

Informações sobre linhas de financiamento:
www.bandes.com.br/emergencial
faleconosco@bandes.com.br

Informações à Imprensa:
Gerência de Comunicação Institucional do Bandes
Bárbara Deps Bonato / Wilson Igreja Campos
(27) 99774-4428 / (27) 3331-4424
comunica@bandes.com.br