ECONOMIA VERDE

Objetivo

Apoiar investimentos:
I) que proporcionem a busca por melhores práticas de controle ambiental(1);
II) para o atendimento a condicionantes ambientais aplicadas pelos órgãos competentes;
III) de empresas participantes da cadeia de materiais reaproveitáveis(2);
IV) de empresas que utilizem subprodutos ou produtos reciclados como principal matéria-prima em seus processos produtivos(3), em projetos de implantação, expansão, ampliação, relocalização e modernização de empresas; e
V) em energia renovável e eficiência energética.


Beneficiários

Pessoas Jurídicas sediadas no Estado do Espírito Santo.

Itens financiáveis

1. Obras civis, montagens e instalações;
2. Máquinas, equipamentos, móveis e utensílios, inclusive os importados, suas reformas, retrofitting e as despesas de nacionalização;3. Aquisição de veículos, novos, para uso na atividade da empresa;
4. Investimentos para racionalização do consumo de energia e água (estudos e projetos; serviços técnicos especializados; sistemas de informação, monitoramento, controle e fiscalização);
5. Desenvolvimento e aquisição de tecnologia(4);
6. Despesas/investimentos de softwares;
7. Fretes e seguros relacionados ao transporte dos bens financiados os quais sejam absorvidos na formação do custo total de aquisição do bem a ser ativado;
8. Consultoria técnica-gerencial para projetos de racionalização, adequação de layout e gestão econômico-financeira;
9. Controle e preservação ambiental, inclusive despesas que visem atender condicionantes ambientais para o projeto ou empreendimento;
10. Consultoria técnica-gerencial para planos de controle ambiental, de análise de riscos, de contingência e emergência, bem como outros estudos ambientais pertinentes;
11. Treinamento de recursos humanos, desde que com objetivos e prazos definidos;
12. Despesas com certificação da empresa;
13. Elaboração de projetos e investimentos em infra-estrutura social e ambiental;
14. Equipamentos de controle das emissões atmosféricas;
15. Sistema de drenagem superficial da área do empreendimento e equipamentos para coleta, transporte e tratamento de efluentes pluviais dos pátios de estocagem de resíduos;
16. Sistema de tratamento de águas residuárias;17. Investimentos em implantação e expansão de cortina vegetal, recuperação de áreas degradadas e reflorestamento de mata ciliar;18. Elaboração e execução de programa de educação ambiental;
19. Consultoria técnica-gerencial, inclusive para elaboração e implementação de planos de marketing, comunicação, projetos arquitetônicos, serviços jurídicos, informações de mercado, readequação organizacional, planos de negócio, novos modelos de gestão, etc;
20. Despesas de importação;
21. Consultoria técnica-gerencial para elaboração de projeto de viabilidade econômico financeiro para captação de recursos junto ao BANDES, limitado a 2% do investimento total;
22. Capital de giro para empresas produtoras de máquinas, equipamentos, peças, componentes e sistemas integrados de produção de energia nas seguintes modalidades e fontes: fotovoltaica, eólica, a gás, aproveitamento de biomassa e de resíduos.
23. Capital de giro associado ao projeto a ser executado(5);
24. Despesas pré-operacionais;
25. Despesas de contratação e seguros, inclusive despesas com tarifa de análise de projetos de investimento e tarifa de cadastro;26. Despesas com Fundo de Aval, inerentes ao projeto;
27. Consultoria pós-crédito, para gestão econômico-financeira;
28. Contrapartida econômica e financeira exigida nos editais da FAPES (Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo) e instituições similares(6).

Os itens de “1” a “20” poderão ser financiados inclusive os investimentos ocorridos nos 12 meses anteriores ao protocolo de solicitação de financiamento no BANDES.

Condições operacionais

Limite de financiamento:
- Máximo de até R$1.000.000,00 (um milhão de reais);
- Participação: até 100% (cem por cento) (2).

Prazos (3):
- Carência: até 36 meses;
- Amortização: até 60 meses;
- Total: até 96 meses.

Taxa de Juros (4):
Juros: Juros: 6,75%+TJLP a.a para operações com risco AA, A ou B e 8,75%+TJLP a.a para operações com risco C

IOF – isento, por ser recurso de fundos

Garantias

  • Avalista(s) que, individual ou conjuntamente, com 30% da renda líquida mensal comprovada, cubra(m) o valor equivalente à prestação mensal do financiamento; ou

  • Avalista que apresente patrimônio comprovado igual ou superior a 1,3 (um vírgula três) vezes o valor do crédito (de acordo com a política de crédito do banco); e/ou

  • Alienação fiduciária ou hipotecária de bens imóveis.