Investidores

Gestão de Riscos

Risco Socioambiental

POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

A Política de Responsabilidade Socioambiental do Bandes atende à Resolução CMN nº 4.327 e tem por objetivo estabelecer princípios e diretrizes para as práticas socioambientais do banco nos negócios e na relação com as partes interessadas, contribuindo para concretizar o seu compromisso com o desenvolvimento sustentável.

O Bandes compreende o potencial dos impactos de suas atividades na sociedade e no meio ambiente, bem como, da importância de atuar de modo responsável, considerando os efeitos de nossas operações em todas as partes relacionadas, direta ou indiretamente. Com essa concepção, estabelecemos como princípios operacionais:

  • Atuar de maneira a integrar, em todas as suas operações, as dimensões econômica, social e ambiental, visando praticar e promover o desenvolvimento sustentável;

  • Na dimensão ambiental, analisar os impactos de nossas operações diretas e de crédito, priorizando as potencialmente positivas, descartando aquelas com efeitos majoritariamente negativos e realizando e/ou demandando, quando aplicável, ações para mitigação desses efeitos;

  • Na dimensão social, respeitar e exigir o respeito aos direitos humanos de todas as partes envolvidas nas operações do Bandes-clientes, colaboradores, comunidades e fornecedores, além de combater qualquer prática de discriminação e/ou violência;

  • Respeitar leis, decretos e outras regras e políticas públicas;

  • Agir de maneira transparente e ética, prestando contas e respeitando todas as partes relacionadas, valorizando e permitindo o diálogo direto.

  • Adotamos estrutura de governança da responsabilidade socioambiental e gestão de riscos socioambientais compatíveis com o nosso porte, a natureza do negócio, a complexidade dos produtos e serviços, bem como com as atividades, processos e sistemas adotados, para assegurar o cumprimento das diretrizes e dos objetivos da PRSA. Essa estrutura é composta pelo Conselho de Administração - CONAD, Diretoria Executiva - DIREX, Comitê de Controles Internos e Riscos – COCIR, Gerência de Riscos– GERIS e Auditoria Interna - AUDIT. Os componentes dessa estrutura devem estar aptos a implementar as ações no âmbito da PRSA, monitorar o cumprimento das ações estabelecidas, avaliar a afetividade das ações implementadas, verificar a adequação do gerenciamento do risco socioambiental estabelecido e identificar eventuais deficiências na implementação dessas ações.