Preview Cookie

 



Segurança

Boleto falso - NOVO

O golpe do boleto falso é cada vez mais comum, e envolve a falsificação de cobranças para fazer com que o pagamento seja realizado para a conta bancária do golpista.

Os golpistas se utilizam de diversos truques para enganar a vítima, como, por exemplo:

- Alteração do código de barras do boleto, o que pode ser feito por meio de um vírus instalado no computador, ou de forma manual;

- Criação de páginas falsas que contem links do boleto falso;

- Envio (por e-mail, whatsapp, telegram, etc.) do boleto falso, para a vítima.

Abaixo apresentamos algumas dicas amplamente divulgadas pela internet, que podem ajudar na identificação do golpe:

1) Confira os dados do boleto

Fique atento a alguns detalhes do boleto:

- Verifique se os dígitos finais representam o valor do boleto;
- Caso seja uma cobrança recorrente, de valor fixo, atente para variações inesperadas;
- Confira seus dados pessoais constantes do boleto, e busque por erros ou problemas de formatação (como imagens tortas ou linhas desencontradas);
- Confira se os primeiros dígitos correspondem ao código do banco emissor;

2) Prefira a leitura automática do código de barras:

- Ainda que a linha digitável do código de barras esteja adulterada, o código em barras em si não é compatível;
- Dessa forma, utilizar a câmera do celular ou no caixa eletrônico para preenchimento do código é mais seguro.

3) Faça o download do boleto diretamente no site:

- Cuidado com boletos recebidos por e-mail, whatsapp ou SMS;
- Confirme se o remetente é realmente a empresa da qual você solicitou o envio;
- Mesmo recebendo por esses canais, prefira gerar um novo boleto no site da empresa.

4) Mantenha o antivírus atualizado:

- Existem vírus que atuam alterando o código de barras de boletos gerados pela internet;
- Utilize um antivírus, o mantenha atualizado e realize varreduras periódicas para assegurar que não há infecção na maquina.