Quem Somos

FAQ Acompanhamento

Comprovações

Todo projeto de financiamento deve ser comprovado?
Não. Os projetos de capital de giro exclusivo estão dispensados da comprovação financeira (apresentação de notas fiscais), porém estão passíveis de vistorias para a comprovação física. O capital de giro associado não precisa ser comprovado.

De que forma se comprova os investimentos realizados?
Fisicamente, por meio de imagens, e financeiramente, por meio do envio de documentos fiscais, inclusive os pagos com recursos próprios.
É necessário apresentar comprovante de pagamento?
Não. Mas um comprovante pode ser solicitado após verificação da comprovação enviada (TED, nota à vista, boleto pago, entre outros). Contudo, se o agente financeiro exigir, será necessária a comprovação financeira.

Cupom fiscal é documento aceito?
Sim, se identificado com o CNPJ e a razão social do cliente.

Nota fiscal avulsa é aceita?
Sim, pois é documento utilizado por não contribuintes do ICMS, não obrigados por lei a emitir a Nota Fiscal Eletrônica. A NFA-e pode ser emitida por microempreendedores individuais (MEI) e por micro e pequenas empresas. Já pessoas físicas, quando registradas como artesãos ou profissionais autônomos, também podem emitir a NFA-e por meio do número de CPF. Mas para isso, será necessário fazer o cadastro na prefeitura da cidade correspondente.

Nota Fiscal de serviços avulsa ou Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) são aceitos?
Ambos são aceitos. A NFSA pode ser emitida por pessoas físicas e jurídicas que, em razão da eventualidade dos serviços que prestam, não estejam inscritas no Cadastro de Prestadores de Serviço de Qualquer Natureza (CPSQN). Cada município tem sua regra, mas pode ser emitida pela internet ou na própria prefeitura. Fique atento, pois a assinatura do responsável precisa estar no documento, seja ele eletrônico ou físico.

Como comprovar serviços que foram executados por familiares ou em mutirão?
O financiamento deve ser utilizado conforme orçamentos apresentados no projeto aprovado.

De que forma deve ser organizada a comprovação?
Sempre em ordem cronológica, por data.

Como deve ser enviada a comprovação?
Os documentos devem ser enviados para o e-mail cfrural@bandes.com.br ou cfurbano@bandes.com.br, de acordo com a segmentação de financiamento.

Qual o prazo para a comprovação do projeto executado?
O prazo é conforme cronograma de execução aprovado e informado em carta de início de acompanhamento.

Posso alterar o projeto ou substituir algum investimento aprovado?
Podem ser substituídos, após prévia autorização do Bandes, desde que não altere o escopo do projeto e nem fuja ao objetivo do negócio.

Placas


De quem é a responsabilidade da confecção e instalação da placa de apoio?
A confecção das placas é de responsabilidade do cliente.

Existe um padrão de placa?
Para projetos que exigem fixação de placa de apoio, os modelos e informações sobre produção estão no link.

Arquivos


O processo de financiamento fica guardado por quanto tempo?
Após a quitação, os processos de financiamento ficam arquivados no Bandes por mais 5 anos. Já os processos que não foram financiados ficam guardados por 12 meses após a data do arquivamento.

Garantias


As garantias de imóveis devem ser asseguradas?
Sempre que solicitado pelo banco.

Quem é responsável por contratar e renovar o seguro de imóveis em garantia?
O cliente, até a quitação total do contrato.

A falta da renovação de seguro impede alguma solicitação por parte do cliente?
Sim. Pode, inclusive, ser fator de impedimento para atendimento de demandas como, por exemplo, solicitação de parcelamentos diversos, de renegociações, de prorrogações, etc.

Como solicitar a liberação de imóvel alienado ou hipotecado ao banco?
Deve ser solicitado por meio de carta de autorização de baixa para a Gerência de Acompanhamento, pelos telefones 3331-4206, 4323 ou 4230 ou, ainda, pelo e-mail liberagarantia@bandes.com.br.